Salário da PM de Mato Grosso salta da 16ª posição para se tornar o 7º maior do país.

10444359_905039019536723_6688840236520959140_n

Alecy Alves | PM-MT

A remuneração da Polícia Militar de Mato Grosso saltou da 16ª posição para se tornar a 7ª maior do país, a partir de dezembro de 2015. Com esse salto de 9 posições no ranking salarial das polícias militares brasileiras, o provento do soldado, referência nessa classificação, passou de R$ 3.067,40 para R$ 3.973,69.

Esse valor-base se restringe aos soldados que estão no início da carreira, que acabaram de deixar a academia e ingressaram na carreira militar para o estágio probatório de três anos. Para os soldados que têm mais de três anos há outros dois níveis salariais: R$ 4.470,40 e R$ 5.445,03, efetivados conforme o tempo de serviço.

O salário inicial do policial militar mato-grossense fica abaixo apenas de Brasília, Rondônia, Tocantins, Goiás, Santa Catarina e Minas Gerais. Nos demais níveis salariais, a partir do posto de cabo até o maior, coronel, os salários pagos em Mato Grosso se equiparam aos dos estados que figuram entre os melhores salários.

O ranking salarial é elaborado anualmente pela Associação Nacional de Entidades Representativas de Policiais Militares e Bombeiros Militares (ANERMB). A última edição é de julho de 2015.

Em um texto intitulado ‘Reestruturação salarial – um sonho realizado’, escrito em conjunto pelas associações policiais de Mato Grosso (ASSOF, ASSOADE, ACS-MT e ASMIP), disponível na página da ASSOF, os líderes das entidades representativas escrevem: ”passados longos 15 (quinze) meses desde a sanção da Lei de Reestruturação Salarial(541/2014), finalmente chegamos ao momento mais importante dela, o pagamento da terceira e última parcela”.

Continuando, eles expressam: “a caminhada não foi fácil e os obstáculos em determinados momentos pareciam intransponíveis, mas, enfim, conseguimos. Sim, conseguimos, todos nós, Oficiais e Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar unidos, como nunca antes se viu. A terceira parcela entrou em vigor neste dia 01 de dezembro de 2015 e, graças a Deus e ao Governador Pedro Taques, que mesmo com todas as dificuldades por que passa o Estado de Mato Grosso demonstrou grande respeito e consideração por todos os policiais e bombeiros militares e determinou o cumprimento na íntegra da nossa legislação”.

Fonte: PMMT

http://www.mt.gov.br/-/salario-da-pm-de-mato-grosso-salta-da-16-posicao-para-se-tornar-o-7-maior-do-pais

Salário das Polícias Militares no BRASIL em 2015.

Veja o Ranking dos Salários das PMs do Brasil, Pernambuco paga o 23º pior salário do Brasil num total de 26 Estados e o Distrito Federal! O Estado de Pernambuco fica na frente apenas dos Estados do: Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Bahia e a Paraíba.

Veja o Rannking.

Salário das Polícias Militares no BRASIL em 2015
Estado
Salário inicial
1 BRASILIA R$ 7.190,98
2 RONDÔNIA R$ 5.952,80
3 TOCANTINS R$ 4.872,80
4 GOIAS R$ 4.485,92
5 SANTA CATARINA R$ 4.173,85
6 MINAS GERAIS R$ 4.098,01
7 PARANÁ R$ 3.651,75
8 ALAGOAS R$ 3.368,86
9 CEARÁ R$ 3.336,14
10 MARANHÃO R$ 3.333,57
11 ACRE R$ 3.278,65
12 AMAPÁ R$ 3.230,02
13 RONDÔNIA R$ 3.182,66
14 PARÁ R$ 3.155,49
15 PIAUÍ R$ 3.101,21
16 MATO GROSSO R$ 3.067,40
17 MATO GROSSO DO SUL R$ 3.055,49
18 RIO DE JANEIRO R$ 2.909,50
19 RIO GRANDE DO NORTE R$ 2.904,01
20 SÃO PAULO R$ 2.901,63
21 AMAZONAS R$ 2.726,37
22 SERGIPE R$ 2.702,78
23 PERNAMBUCO R$ 2.819,88
24 ESPIRITO SANTO R$ 2.632,97
25 RIO GRANDE DO SUL R$ 2.632,88
26 PARAÍBA R$ 2.548,16
27 BAHIA R$ 2.497,79

RESPONSÁVEL PELA PESQUISA: DIRETOR DE ASSUNTOS POLÍTICOS DA ABAMF, SARGENTO RICARDO AGRA
1- FONTE DE CONSULTAS- SITES OFICIAIS DOS GOVERNOS ESTADUAIS E TERRITÓRIOS (SECRETARIAS DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS, POLICIAS MILITARES, SECRETARIA DE SEGURANÇA PUBLICA, ASSEMBLEIAS LEGISLATIVAS, ASSOCIAÇÕES DE CLASSE DOS MILITARES ESTADUAIS)

ASSOCIAÇÕES DE MATO GROSSO REALIZAM REUNIÃO PARA LANÇAMENTO DE PROJETO POLÍTICO PARA AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DESTE ANO.

ASSOCIAÇÕES DE MATO GROSSO REALIZAM REUNIÃO PARA LANÇAMENTO DE PROJETO POLÍTICO PARA AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DESTE ANO

Foi realizada na manhã desta quarta-feira (20/04) na Associação dos Cabos e Soldados a primeira reunião das associações dos militares com vistas a discutir projeto político para eleger um vereador militar em cada câmara municipal do Estado de Mato Grosso.

O projeto que foi pensando pelo Sargento Joelson, visa organizar e apoiar todos os candidatos oriundos da família militar que pretendem disputar as eleições municipais de 2016 tanto para vereador quanto para prefeito.

A reunião contou com a participação dos presidentes da Associação de Cabos e Soldados (ACSPMBM-MT), da Associação dos Subtenentes e Sargentos (ASSOADE), da Associação dos Militares Inativos (ASMIP), da Associação dos Oficiais (ASSOF) e ainda advogados, policiais civis, policiais militares e bombeiros militares.

Durante a reunião os participantes colocaram vários pontos de vistas, com destaque àqueles relacionados à Segurança Pública, aos policiais militares e bombeiros militares e ainda, as lutas salariais, melhoria da carreira e estrutura para as instituições militares.

Objetivamente, os dirigentes das associações decidiram pela realização de uma grande reunião em Cuiabá, no decorrer do mês de maio, com a participação de todos os militares e familiares que pretendem disputar as eleições municipais deste ano.

Ficou decidido também, como projeto prioritário das associações a eleição de pelo menos um representante da família miliciana para a câmara municipal de Cuiabá e para tanto, as associações irão se organizar para decidir uma candidatura única, que seja viável e que represente tanto a Polícia Militar quanto o Corpo de Bombeiros Militar.

O Subtenente PM Esteves, presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos ficou muito feliz com a realização dessa primeira reunião e com a união de esforços em prol do interesse coletivo dos militares. Ele lembrou que nas eleições de 2012 e 2014 a ASSOADE já tinha esse entendimento e chegou a promover reuniões com objetivo de fortalecer a categoria no campo político. Esteves acredita que a união das associações vai fortalecer ainda mais esse projeto que a seu ver, já nasce vencedor.

As associações dos militares têm pleno entendimento que a união das entidades em prol de projetos coletivos, já ficou demonstrado que só traz benefícios para a categoria e é com esse objetivo, que se pretende lançar uma candidatura única e vencedora para a Câmara Municipal de Cuiabá, onde o candidato tenha comprometimento com as causas coletivas e jamais com projetos pessoais, esse é o pensamento do Coronel PM Wanderson, presidente da Associação dos Oficiais.

Para o Cabo Adão, presidente da ACS esse momento é histórico e representa o sonho da maioria dos militares do estado de Mato Grosso.

O Sargento Joelson, vice-presidente da Associação dos Cabos e Soldados pontuou que “essa é mais uma luta encampada pelas associações e tenho certeza que a categoria irá apoiar e caminhar junto, pois as associações já demonstraram o seu comprometimento com os militares e hoje gozam de extrema credibilidade com a família miliciana”.

Os dirigentes decidiram ainda, realizar semanalmente, reuniões com outras lideranças da categoria que queiram e possam se somar a esse projeto. E posteriormente será informado mais detalhes sobre o evento.

Fonte: ASCPMBM-MT/ASSOADE-MT/ASSOF-MT/ASMIP-MT

Nota de elogio.

Assessoria/Sesp-MT
O secretário de Segurança Pública, Rogers Elizandro Jarbas, assinou uma nota de elogio à atuação de 16 policiais do Gefron (Grupo Especial de Segurança de Fronteira) e de 9 policiais federais que participaram de uma operação integrada de combate ao tráfico de drogas na região da fronteira com a Bolívia.
Na nota, o secretário destaca a “capacidade e esmero” do profissionais, que, em ações de busca e apreensão em Porto Esperidião (358 km de Cuiabá) no dia 2 de abril, conseguiram prender três suspeitos em flagrante e apreender 602 kg de drogas, além de armas e dinheiro em espécie.
“Além dos fatos que se sucederam na operação, devido à periculosidade da associação criminosa, armada inclusive de fuzis automáticos, utilizados na segurança das fazendas, é de se exaltar a dedicação e espirito de corpo destes policiais”, disse o secretário, em um trecho.
O secretário elogiou, ainda, o serviço de inteligência que respaldou a operação. “O sucesso da operação foi resultante de um longo serviço de inteligência realizado por estes valorosos Policiais, possibilitando desarticular uma quadrilha instalada na faixa de fronteira oeste”.
Por determinação do secretário, o elogio será anotado na ficha funcional de cada um dos policiais militares que contribuíram para o sucesso da operação.
“Nos dias de hoje, os atributos verificados nestes nobres Policiais, são dignos de reconhecimentos por qualquer cidadão de bem, que preza por uma sociedade mais justa”, disse.
Os policiais homenageados foram:
Núcleo de Inteligência do GEFRON
Sub Ten PM MAURO BENEDITO DE ALMEIDA
3º Sgt PM MÁRCIO RODRIGUES
3º Sgt PM WEVENTON FERREIRA MARTINS
3º Sgt PM GILBERTO NATANAEL NUNES MACIEL
Cb PM CREIDSON MENDES DE OLIVEIRA
Cb PM RONALDO ANTÔNIO DO NASCIMENTO
Cb PM JUNIO CESAR DE OLIVEIRA LUZ
Cb PM JERBER JÚNIO PAISANO SILVA
Cb PM MÁRCIO GREYCK DA SILVA
Serviço operacional do GEFRON
2º Ten PM CARLOS HENRIQUE SCHEIFER
Sub Ten PM CARLOS ROBERTO DIAS
Cb PM OTONIEL SOARES MATOS
Cb PM PAULO PEREIRA DA COSTA
Cb PM FRANCISCO SILVINO DE SOUZA NETO
Sd PM JOLLIVAN DE OLIVEIRA DELGADO
Sd PM CRISTIANO KONZEN
Integrantes da Delegacia da Policia Federal de Cáceres
DPF GREGÓRIO
APG AGUIRRE
APF EDUARDO
APF VARUZA
PAF JANDRES
APF FELIPE
APF LEONEL
APF NEMES
APF CAETANO

Promoções – Associações zeram um passivo histórico na PMMT.

Neste dia 21 de abril de 2016, todos os servidores militares da Polícia Militar de Mato Grosso têm muito o que comemorar. É um marco de uma virada definitiva na história da promoção dos militares em nosso Estado. Acabou-se a frustração e o déficit de vagas que sempre se constatava, no passado, nessa hora da promoção. Graças à luta unificada das Associações Militares – a saber, Assoade, ACS, Assof e Asmip – e ao Plano de Carreira que as Associações conseguiram estabelecer a partir daquela conquista histórica que foi a Lei nº 10.076/14, houve um aperfeiçoamento dos critérios de promoção, afastando definitivamente a nefasta influência política nesse momento tão vital para a atividade militar. O resultado é que todos os militares podem, agora, comemorar a definitiva profissionalização da Polícia Militar mato-grossense.

De acordo com o Subtenente PM Luciano Esteves, presidente da Assoade, “acabou a frustração de vermos, como acontecia antigamente, 10 vagas sendo ofertadas para promoção e 300 policiais militares em condições de concorrer. Hoje é totalmente diferente basta observar a Portaria de promoção do dia 21 de abril de 2016. À medida que as Associações se organizaram e passaram a defender mais de perto os interesses de Praças e Oficiais, a realidade mudou completamente e hoje vemos a PM zerando o déficit de vagas histórico que os Policiais mais antigos sentiram na pele. Agora, existem critérios claros, transparentes, e a Lei vale mais do que os conchavos. Isso representa uma grande vitória da moralização, uma grande vitória das Associações e deve ser comemorada por todos os militares que, afinal de contas, foram aqueles que souberam perceber a importância de fortalecerem as entidades que os representam. É dessa forma que conquistamos este avanço e iremos conquistar muitos outros avanços, no futuro”.

Confira a seguir, a lista completa dos policiais militares que foram listados, no decreto do governador Pedro Taques, para promoção neste dia 21 de abril de 2016.

AO POSTO DE CORONEL

Ten Cel PAULO SERGIO CARDOSO RIBEIRO

AO POSTO DE TENENTE-CORONEL

Maj PM WENDEL SOARES SODRE

Maj PM CLEVERSON LEITE DE ALMEIDA

Maj PM RODRIGO EDUARDO COSTA

Maj PM WAGGMOM OLIVEIRA BOMFIM

AO POSTO DE MAJOR

Cap PM FERNANDO SCHULZ GALVÃO DA SILVA

Cap PM DAVID SANTANA MURTINHO

AO POSTO DE PRIMEIRO-TENENTE, a contar de 05/09/2013

1º Ten PM MARCOS GOMES DE FREITAS

AO POSTO DE SEGUNDO-TENENTE

Asp Of PM ALCIDES MAURO DUTRA

Asp Of PM MARCELO SLUSARSKI DE OLIVEIRA

Asp Of PM GISLAINE PAZETO DA SILVA

Asp Of PM GABRIEL RODRIGUES DE OLIVEIRA

Asp Of PM THAIS MARI KASPROWICZ DE SOUZA

Asp Of PM ROMMENING DOS SANTOS SILVA

Asp Of PM VICTOR DOS SANTOS FELICIANI

Asp Of PM DENYSE PEREIRA VALADAO

Asp Of PM GABRIEL FOLETTO

Asp Of PM JOAO FELIPE QUEIROZ DE MELO

Asp Of PM THIAGO RIBEIRO DE MELO

Asp Of PM CARLOS HENRIQUE DOS SANTOS

Asp Of PM RODRIGO ALVES MODESTO

Asp Of PM EDIMAR RODRIGUES DA CRUZ JUNIOR

Asp Of PM MAYCON DAVID ZANETTI

Asp Of PM VICTOR VENANCIO BARBOSA L. DE OLIVEIRA

Asp Of PM DANILO BEZERRA ALCANTARA

Asp Of PM JOSE DONIZETE MEZA JUNIOR

Asp Of PM FELIPE NUNES CORDEIRO

Asp Of PM EVANDRO LUIZ MARIANO BILHARES

Asp Of PM LUCAS FIDELIS MOREIRA DA FONSECA

Asp Of PM ALEXANDRE APARECIDO DE ASSIS

Asp Of PM FLAVIO GONCALVES DA SILVA

Asp Of PM GABRIEL LUCAS LOPES MARIO

Asp Of PM REGINALDO ANGELO NOSELLA DUARTE

Asp Of PM CLAUDINEY NOGUEIRA SIQUEIRA

Asp Of PM THIAGO IGNACIO CARDOSO DA SILVA

Asp Of PM MARCOS VENICIO ROSA OLIVEIRA

 

A Graduação de Subtenente QPPM

1º Sgt PM BENEDITO LUCIO DO NASCIMENTO

A Graduação de Primeiro-Sargento QPPM

2º Sgt PM JOÃO BATISTA BELARMINO DE SOUZA

2º Sgt PM AGNALDO LUIS DE OLIVEIRA SANTOS

2º Sgt PM DIONEY PAIXÃO DE ASSIS

2º Sgt PM JENMES OBOLARES DA SILVA

2º Sgt PM SERGIO ALVES TORRES

2º Sgt PM RUBENS HUDSON DE CASTRO

2º Sgt PM MOACIR ROCHA SILVA

2º Sgt PM MILTON PAULINO DA SILVA

2º Sgt PM MARIA APARECIDA ALVES SILVA

2º Sgt PM EUDINEI FERREIRA DOS SANTOS

A Graduação de Segundo-Sargento QPPM

3º Sgt PM VAGNO ANISIO PILOTO DA SILVA

3º Sgt PM JOÃO LUCIANO DA SILVA

3º Sgt PM AGMAR MARTINS RODRIGUES

3º Sgt PM ADILSON DE OLIVEIRA

3º Sgt PM WANGLEY DA SILVA MENDONÇA

3º Sgt PM MARLOAN TAVARES ROLDÃO

3º Sgt PM EDSON LUIS TOREZAN

3º Sgt PM ANTONIO CARLOS CAVALCANTE DIAS

3º Sgt PM SIVALDO DE SOUZA SILVA

3º Sgt PM SIDNEY RANGEL XAVIER

3º Sgt PM VALTEIR CARLOS TAVARES

3º Sgt PM VANDERLEI MENDES DE SOUZA

3º Sgt PM RODILSON TACIANO DA SILVA

3º Sgt PM ANTONIO PEDRO DE ARRUDA

3º Sgt PM JEFERSON ROBERTO LADISLAU MIRANDA

3º Sgt PM VILSON NERI AREND

3º Sgt PM IREMAR MALTESO

3º Sgt PM JOÃO FARIA DE ALBUQUERQUE

3º Sgt PM DELSO MARQUES SILVA

3º Sgt PM JOACIL DE OLIVEIRA NEVES

3º Sgt PM REGINALDO GOMES DOS REIS

3º Sgt PM CLAUDIO CATARINO PEIXOTO

3º Sgt PM JOSELITO PINHEIRO DA SILVA

3º Sgt PM GILMAR NEVES DA SILVA

3º Sgt PM MARCELO ALVES DE OLIVEIRA

3º Sgt PM LEONEZIO PEREIRA GOMES

3º Sgt PM BENEDITO PEDROSO NEVES DE AMORIM

3º Sgt PM ALIZALDO JOSE LOPES

3º Sgt PM ALTAIR JOBIM BARBOSA

3º Sgt PM ODAIR JOSE FRANCISCO

3º Sgt PM LEONILDO MORBEQUES

3º Sgt PM MARIO SANTANA DA SILVA

3º Sgt PM WEZEN CLEVER REZENDE

3º Sgt PM DALMO JOSE DA SILVA

3º Sgt PM ELLEN CRISTINA DA SILVA MORAES

3º Sgt PM LUCIANO FREITAS DA SILVA

3º Sgt PM ALEX SANDRO XAVIER LIMA

3º Sgt PM ADEILSON DE ALMEIDA RODRIGUES

3º Sgt PM JOSE FRANCISCO DA CRUZ

3º Sgt PM WILDES LOPES DE OLIVEIRA

3º Sgt PM RODOLFO CESAR ANDRADE GONÇALVES

3º Sgt PM ADILSON FRANCISCO LEÃO OLIVEIRA

3º Sgt PM ANIBAL DA SILVA

3º Sgt PM JOIRÇO DA SILVA

3º Sgt PM ALESSANDRO DA COSTA ANDRADE

3º Sgt PM CELIO SILVEIRA MOURA

3º Sgt PM EDENIL DE SOUZA SANTOS

3º Sgt PM GILMAR LUIS MORIN

3º Sgt PM ANDERSON JULIO MARCONDES DE ARRUDA

3º Sgt PM MARLON CESAR GERALDES DE FREITAS

3º Sgt PM ROBERVAL GOMES DE FIGUEIREDO

3º Sgt PM OZENI MINERVINO

3º Sgt PM OSMAR BRAGA DE JESUS

3º Sgt PM WANDERLEY CORREA ANTUNES PEREIRA

3º Sgt PM CLAUDIO MARCELO TEIXEIRA OLIVEIRA

3º Sgt PM JOÃO JORAMI FERNANDES EVANGELISTA

3º Sgt PM MARCIO RODRIGUES

3º Sgt PM LINDOMAR XAVIER DIAS

3º Sgt PM GONÇALO CARLOS RODRIGUES DE SOUZA

3º Sgt PM GERALDO ARQUAZ NETO

3º Sgt PM MIGUEL DOS SANTOS JUSTINIANO

3º Sgt PM EBER PEREIRA DA SILVA

3º Sgt PM SEBASTIÃO GUALBERTO SOARES

3º Sgt PM ODILSON DIAS DE MAGALHÃES

3º Sgt PM NILTON ANTONIO PRAXEDES

3º Sgt PM MARIO LUCIO SALVIANO

 

A Graduação de Terceiro-Sargento QPPM

 

Cb PM MANOEL DO NASCIMENTO

Cb PM EUNEL BENEDITO DA SILVA

Cb PM BENEDITO MARQUES DA SILVA

Cb PM JOÃO CARLOS GOMES

Cb PM WALDECY LUIZ SILVA FERNANDES

Cb PM JUAREZ CANDIDO SILVA

Cb PM ILDEMAR DA SILVA PEREIRA

Cb PM VALDECLENIO MATIAS DE SOUZA

Cb PM ADELIR LEGRAMANTI

Cb PM ADENILTO SANTOS OLIVEIRA

Cb PM EVANDRO CARLOS AMORIM SILVA

Cb PM OSMAR DE VILLA

Cb PM ROBERTO BENEDITO DE OLIVEIRA

Cb PM MARILENO MAGNO DE MAGALHÃES

Cb PM ADAIR PINTO CABRAL

Cb PM APARECIDO LIBANIO DE SOUZA

Cb PM CARLOS EDUARDO DE SOUZA

Cb PM CARLEY DE OLIVEIRA CORREA

Cb PM ELIZEU FRANCISCO DO NASCIMENTO

Cb PM JUCERLEY DE MATOS MEDEIROS

Cb PM EDI EMERSON MACIEL

Cb PM EDEMILSON LEOCADIO DAS NEVES

Cb PM CESAR TELES DA SILVA

Cb PM MARCOS RODRIGO SANTANA

Cb PM HELIO FERNANDO MACEDO

Cb PM ROBERTO DA SILVA BARBOSA

Cb PM RILDSONMAR RODRIGUES FERREIRA

Cb PM ANDRE LUIS SILVA MANGABEIRA

Cb PM VANDECI DE MORAES

Cb PM VITOR DE SOUZA

Cb PM SERGIO SOARES DOS SANTOS NETO

Cb PM RAIMUNDO NONATO DA SILVA

Cb PM ARILSON MIRANDA DE SOUZA

Cb PM ALESSANDRO FARIAS LIMA

Cb PM RICARDO GOMES DOS SANTOS

Cb PM JONATHAN FERREIRA DE ALMEIDA

Cb PM ZENILDO AFONSO DE ARRUDA

Cb PM EDSON RAIMUNDO DE SOUZA

Cb PM ANILTON SERGIO DA SILVA

Cb PM BELTSON DA COSTA ROCHA

Cb PM GILSON WILIAM VIEIRA DOS SANTOS

Cb PM ODIL MIRANDA XAVIER

Cb PM CLAYTON SALGADO DOS SANTOS

Cb PM MARCIVAN ALVES DOS SANTOS

Cb PM JOSINO PEREIRA MACHADO FILHO

Cb PM JESUINO BENEDITO DO NASCIMENTO

Cb PM EDUARDO DOS SANTOS MALHEIROS

Cb PM JEFERSON JOSE DE QUEIROZ

Cb PM MOISES DE OLIVEIRA VASCONCELOS

Cb PM EDUARDO FERRARI MUCHON

Cb PM APARECIDO FERREIRA DE SOUZA

Cb PM LUIZ CARLOS HENRIQUE DA SILVA

Cb PM SERGIO DA SILVA FERNANDES

 

A Graduação de Cabo QPPM

Sd PM CARLOS PRADO RODRIGUES

Sd PM RAMON AGUNIA SILVA

Sd PM ANTONIO JOÃO DE CAMPOS

Sd PM MARCOS DA ROCHA TEIXEIRA

Sd PM JULIANO PEREIRA DE ALMEIDA

Sd PM CLEBER DOS SANTOS SOUZA

Sd PM LUCIANO ESTRAL DE SOUZA

Sd PM SERGIO CARVALHO DE OLIVEIRA

Sd PM IVAN GUIMARAES DA SILVA

EM RESSARCIMENTO DE PRETERIÇÃO

a) A Graduação de Terceiro-Sargento QPPM a contar de 25/12/13

Terceiro-Sargento QPPM AILTON EVANGELISTA QUIXABEIRA

b) A Graduação de Cabo QPPM a contar de 09/04/09

Terceiro-Sargento QPPM RICARDO JOÃO BITENCOURT OLIVEIRA

c) A Graduação de Cabo QPPM a contar de 25/12/08

Cabo QPPM JOÃO NOEL ALVES DE LIMA

d) A Graduação de Terceiro-Sargento QPPM a contar de 25/12/14

Cabo QPPM JOÃO NOEL ALVES DE LIMA

e) A Graduação de Cabo QPPM a contar de 21/04/13

Cabo QPPM JOSE CARVALHO DOS SANTOS NEGRÃO

Assessoria da Assoade.

Governo cumpre aumentos salariais previstos em leis de carreiras.

O governador Pedro Taques anunciou aos representantes dos Sindicatos dos Policiais Civis, dos Investigadores e Escrivães da Polícia Civil, e dos Trabalhadores da Educação Básica, que o Estado irá cumprir o que está previsto nas leis das carreiras. Com isso, os profissionais da Polícia Civil terão aumento salarial de 10% e os da educação terão 7% de acréscimo na folha de pagamento. Servidores de outras três carreiras que também têm leis específicas sobre aumento salarial também devem ser beneficiados. O anúncio foi feito durante reuniões realizadas na tarde desta quinta-feira (14), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá.
No encontro com os investigadores e escrivães, o governador Pedro Taques agradeceu a categoria por ter aguardado um posicionamento do Estado e anunciou o pagamento do reajuste previsto em lei. “Essa resposta que estamos dando hoje já era para termos feito em fevereiro. Entretanto, pedimos um tempo para que pudéssemos analisar o cenário econômico, que não é nada bom, mas apesar da crise nós iremos honrar com os compromissos feitos”, enfatizou Pedro Taques.O pagamento do aumento salarial para os investigadores e escrivães da Polícia Judiciária Civil será retroativo a fevereiro, que é a data base prevista na lei nº 565, de 13 de maio de 2015. O impacto financeiro até o fim do ano na folha de pagamento será de R$ 45.937.545,45. O acréscimo será incorporado e pago ainda no mês de abril.

Tanto para o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso (Siagespoc), Cledison Gonçalves, quanto para o presidente do Sindicato dos Escrivães da Polícia Judiciária Civil (Sindepojuc), Davi Nogueira, o resultado da reunião com o governador foi considerado favorável, excluindo qualquer possibilidade de greve. “Nós, a todo momento, deixamos que a condicionante para a greve seria o descumprimento da lei. O Governo confirmou que cumprirá a lei e pagará este mês. Então, a partir deste princípio, faremos a assembleia para comunicarmos os investigadores e fica descartada a greve. Esta possibilidade não existe mais, pois o governador empenhou sua palavra”, explicou Gonçalves. Davi Nogueira, presidente do Sindepojuc, também descartou a possibilidade de paralisação por parte dos escrivães.

O secretário adjunto de Gestão de Pessoas da Secretaria de Estado de Gestão, Joelson Matoso, reforçou que todos os compromissos feitos em lei com as carreiras serão cumpridos. “Estamos trabalhando para montar este cronograma e iremos conseguir realizá-lo”, disse.


EDUCAÇÃO
No caso dos servidores da educação básica, o reajuste previsto na lei º 510, de 11 de novembro de 2013, com data base em maio, impactará em R$ 71.139.204,62 a folha salarial do Estado. “Salário não é favor do Governo do Estado, é um direito. Os acordos feitos na gestão passada serão mantidos. Portanto, estou comunicando oficialmente que este direito não será retirado por esta gestão. Nós cumpriremos o que foi acordado”, afirmou o governador Pedro Taques durante a reunião com o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público em Mato Grosso (Sintep/MT).Taques falou ainda sobre as dificuldades que deverão ser encontradas nos próximos meses devido à crise financeira vivida atualmente pelo país e que também afeta as finanças de Mato Grosso. “Teremos momentos difíceis daqui para a frente. E neste momento que estamos vivendo, apresentaremos todos os meses os números para o Fórum Sindical e mostraremos o que poderemos fazer para honrar os salários no final do mês. Já cortamos quase R$ 300 milhões em incentivos fiscais em 2015 e vamos cortar mais”, enfatizou.

MAIS CARREIRAS

Outras três carreiras também possuem aumentos salariais previstos em lei: Atividade Fundiária, Defesa Agropecuária e Polícia Técnica. No caso das carreiras da Atividade Agropecuária e de Defesa Agropecuária, os acréscimos salariais são de 9,6% para os cargos de Nível Superior e 17,5% para Nível Médio e Auxiliar, sendo alcançados todos os servidores da área. A previsão é de que o aumento seja incorporado em folha a partir de maio. O impacto, a partir da implantação até o fim do ano, será de R$ 10.073.067,40 para as duas carreiras.

Já para a carreira da Polícia Técnica, que envolve peritos criminais, papiloscopistas e técnicos de necropsia, o aumento salarial previsto em lei é de 7,5%, também com data base a partir de maio e com um impacto na folha salarial do Estado de R$ 6.413.48,85.

Próximo concurso da Polícia Militar de MT irá cobrar nível superior e terá 1.200 vagas para soldado.

Próximo concurso da Polícia Militar de MT irá cobrar nível superior e terá 1.200 vagas para soldado

O próximo concurso público da Polícia Militar de Mato Grosso (PM-MT) para o cargo de soldado já irá cobrar nível superior de ensino dos candidatos, conforme a Lei Complementar n° 555 de 29/12/14, que altera o Estatuto da corporação, e não mais nível médio, como os anteriores.

Ainda não há nenhuma informação sobre possíveis prazos para lançamento de um edital, embora a intenção da PM-MT seja abrir novo concurso ainda este ano, lançando as 1.200 vagas para soldado autorizadas pelo governador Pedro Taques no último mês de fevereiro.

Segundo informa a PM-MT, “o nível de escolaridade para ingresso no cargo de soldado (CFSD) será bacharel, licenciatura ou tecnólogo, já para o cargo de oficial (CFO) será somente bacharel em direito, sendo que a idade para ambos será de 18 a 35 anos”.

A mudança de nível médio para superior acarreta em alterações importantes na estrutura da carreira e nas disciplinas que irão compor as provas. Porém, a corporação afirma que ainda não há nenhuma minuta de edital desenhada e o que se pode afirmar, por hora, é apenas que as provas serão bastante diferentes das anteriores.

De acordo com a PM-MT, a mudança tem objetivo de trazer melhorias à prestação dos serviços. Os soldados que ingressaram na corporação com nível médio de ensino devem passar, no futuro, por treinamentos e atualizações.

DICAS PARA A SEGURANÇA DO PROFISSIONAL DE SEGURANÇA.

20160408190040

Cotidiano do profissional de segurança pública – Você está preparado?

Já era de suma importância todo o profissional de segurança pública estar atento e preparado no seu cotidiano. Porém nos cursos de formação e de aperfeiçoamento nunca comentaram como o profissional deve se portar no horário de folga.

Agora nos dias atuais surge uma nova ameaça, os recentes ataques do PCC, descobriram um ponto fraco na vida destes profissionais. O horário de folga muitas das vezes acabamos relaxando a nossa segurança.

Nós temos o habito de só treinar com o uniforme, treinar em situações rotineiras referente ao serviço, agora quantos já treinaram com sua arma particular ?coldre a paisana ? São inúmeras situações que dificultam a vida do policial ou do GCM.

Segundo o APF e instrutor de armamento e tiro Humberto Wendling (2011)  “O  preparo mental consiste em visualizar e ensaiar mentalmente suas ações de modo a planejar reações em função das ações dos criminosos. Se você está armado e vivencia uma situação de risco, há três coisas que não podem falhar: você, a arma e a munição. Se você falhar, sua arma poderá ser usada contra você e sua família. Se a arma ou a munição falhar, você estará em apuros já que talvez não tenha tempo ou frieza para sanar o problema, principalmente num conflito de vida ou morte” .Conclui Wendling

Com base no novo cenário, segue algumas dicas para estar colocando em prática:

– Ao chegar em casa, verifique se não existe pessoas em atitudes suspeitas;

– Antes de entrar de uma volta no quarteirão;

– Ao sair do trabalho verifique se não está sendo seguido;

– Procure orientar sua família quanto aos comentários sobre o seu trabalho e o que você faz;

– Quanto menor for o número de vizinhos sabendo o que você faz melhor;

– Procure não sair fardado ou chegar de viatura na sua residência;

– Seja discreto quanto ao seu trabalho;

– Ao guardar o carro na garagem, manobre o mesmo de ré, no período noturno ligue os faróis altos;

– Antes de sair de casa, observe a rua veja se não existem pessoas e veículos suspeitos;

– Treine regularmente em um clube de tiro ou estande;

– Conheça bem sua arma, os tipos de panes, os tipos de munições que  está utilizando;

– Realize um treinamento com o seu coldre;

– Realize um treinamento constante “em seco”;

– Realize um treinamento com a paisana;

– Durante o seu horário de folga, mude sua rotina, não fique em bares próximos a sua residência;

– Mude a rotina, não frequente o mesmo lugar  sempre;

– Caso a corporação forneça, utilize sue colete também no “ bico”.

 

Temos que redobrar a atenção, se patrulhar durante o serviço com o companheiro de viatura já é difícil, imagine estar atento 24 horas do dia, na maioria dos casos duas situações chamam a atenção a primeira e que o profissional foi surpreendido na chegada ou saída de casa e a outra situação é durante o horário do bico.  São duas situações que a reação deve estar condicionada. A ideia e desconfiar de tudo, aprendi em uma aula de técnicas operacionais que o profissional tem que “ver pelo em ovo de galinha”.

O Cel Nilson Giraldi afirma que “ não basta o policial saber o que tem que fazer; tem que estar condicionado a fazer”  “Quanto mais bem preparado o policial estiver para usar sua arma, menos necessidade sentirá em fazê-lo; mal preparado verá nela a solução para todos os problemas” (Giraldi);

“Não basta saber atirar; é preciso saber quando atirar e saber executar procedimentos, isto porque, na quase totalidade das vezes, procedimentos, e não tiros, é que preservam vidas e solucionam problemas”.

 Siderley Lima, consultor de segurança, supervisor da GCM de Jandira, instrutor de armamento e tiro ,  colunista do Jornal Viva Cidade, articulista do Dicaseg.com e membro da ABSEG ( Associação Brasileira dos Profissionais de Segurança)

siderleyandrade@yahoo.com.br