Vamos ligar, é gratis, PEC 300.

Vamos Colaborar p/ aprovação, isso pode significar melhor qualidade no serviço de segurança pública que envolve nosso cotidiano, apesar de não solucionar todos os problemas… já é um bom começo.

Vamos pedir aos nossos familiares e amigos que liguem para o Disk Câmara para tentarmos aprovar a PEC 300 /2008, que unifica os nossos salários, tendo como base a PM do Distrito Federal.

A ligação é grátis de qualquer lugar do Brasil.

o número é 0800 619 619

Quando a telefonista atender, basta dizer que apoia a votação da  PEC 300/2008, que unifica os salários dos policiais militares pelos deputados federais.

Quanto mais gente ligando é melhor.

Um abraço!

DISK CÂMARA: 0800 619 619

QUANTO PASSAREMOS A RECEBER, CASO A PROPOSTA SEJA APROVADA:

Sd 2ª Classe: R$ 3.031,38
Sd 1ª Classe: R$ 4.129,73
Cb: R$ 4.402,17
3º Sgt: R$ 5.257,85
2º Sgt: R$ 5.776,36
1º Sgt: R$ 6.784,23
ST: R$ 7.608,33
Asp: R$ 7.499,80
2º Ten: R$ 8.714,97
1º Ten: R$ 9.283,56
Cap: R$ 10.679.82
Maj: R$ 12.798,35
Ten Cel: R$ 14.638,73
Cel: R$ 15.355,85

Abaixo assinado em favor da PEC 300.

Só depende de nosso esforço e mobilização
Aos amigos que não acreditam nesta luta, vejam a todos que falavam que era inconstitucional, foi aprovado pelos deputados, agora resta só a nossa mobilização em assinar no site de abaixo assinado pela PEC, vamos amigos, está faltando pouco, e só a nossa união ira conquistar esta vitória. Há e quanto ao presidente não acatar, acredito que seja difícil, pois este era um projeto do mesmo, que após o panamericano começou a observar as policiais do Brasil de outra forma, incentivado pelo ministro da justiça anterior e o atual, que inclusive gostariam que estas fossem subordinadas ao ministério da justiça, digamos que ganhamos muitos pontos pelo resultado obtido durante os jogos, que até a população começou a exigir a presença da mesma. Digamos que alguns oficiais de todo o Brasil começaram a colocar estas idéias na cabeça do ministro que gostou, daí passar fica muito mais fácil. Só depende de nos.
http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/3863

COMPANHEIROS MANDEM O MAIOR NUMERO POSSIVEL DE EMAIL PARA O DEPUTADO.

Esse é o email do deputado Arnaldo Faria de Sá, vamos a luta, mandem email agradecendo e mostrem nossa força.

dep.arnaldofariadesa@camara.gov.br

Proposição: PEC-300/2008 -> Íntegra disponível em formato pdf Autor: Arnaldo Faria de Sá – PTB /SP Data de Apresentação: 04/11/2008 Apreciação: Proposição Sujeita à Apreciação do Plenário Matérias sujeitas a normas especiais: Especial Situação: CCJC: Aguardando Deliberação. Ementa: Altera a redação do § 9º do art. 144 da Constituição Federal. Explicação da Ementa: Estabelece que a remuneração dos Policiais Militares dos estados não poderá ser inferior à da Polícia Militar do Distrito Federal, aplicando-se também aos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar e aos inativos. Altera a Constituição Federal de 1988. Indexação: Alteração, Constituição Federal, Segurança Pública, proibição, remuneração, Polícia Militar, estados, inferioridade, Policial Militar, (DF), extensão, Corpo de Bombeiro Militar, inativo, equiparação, isonomia salarial. Despacho: 13/11/2008 – À Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Proposição Sujeita à Apreciação do Plenário Regime de Tramitação: Especial Legislação Citada Pareceres, Votos e Redação Final – CCJC (CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA) PRL 1 CCJC (Parecer do Relator) – Leonardo Picciani Última Ação: 13/11/2008 – Mesa Diretora da Câmara dos Deputados (MESA) – À Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Proposição Sujeita à Apreciação do Plenário Regime de Tramitação: Especial 16/12/2008 – Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) – Parecer do Relator, Dep. Leonardo Picciani (PMDB-RJ), pela admissibilidade.

Segue um pronunciamento do Dep. Capitão Tadeu da Bahia. Interessante.

Informativo Eletrônico Nº 129 – Janeiro de 2009.

Policial não é Frouxo, é Desamparado!

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DA BAHIA DIVISÃO DE TAQUIGRAFIA Pronunciamento do Deputado Capitão Tadeu na Tribuna da Assembléia Legislativa no dia 27/01/2009.

Srs. Deputados, na condição de Capitão da Polícia Militar agora eu gostaria de fazer uma referência ao que o jornal A Tarde publicou esta semana com o título: “A polícia baiana é frouxa”. E vem o jornal A Tarde dizendo: (Lê) “O Secretário de Segurança Pública, César Nunes, praticamente confirmou aquilo tudo que se suspeitava da polícia baiana: é frouxa. Tem medo de enfrentar bandido, faz de conta que vai para a campanha, mas fica no faz-de-conta. Liga a sirene, invade sinaleira, exibe as armas de grossos calibres das janelas das viaturas, acende o giroflex, faz todo o mise-en-scène e… se esconde. Fica por trás do muro dando tiros a esmo, ao léu, como se fossem fogos na festa de São João. O secretário disse aqui, nas páginas de A TARDE, que o policial que estiver com medo pode cham á-lo que sai junto para a ação. Ou seja: é preciso que a mais alta autoridade policial do Estado tenha de colocar no colo, proteger e dar guarida àqueles que deveriam dar segurança para todos nós. Se a polícia está com medo, imagine a população. Mas também não é fácil ter coragem numa cidade em que já morreram mais 60 pessoas apenas neste início de ano. Só estamos perdendo para a guerra irada de Israel com o Hamas. Jornal A TARDE 20 de janeiro de 2009.” Srs., recebi um e-mail de um soldado da Polícia Militar e, por questões de segurança não vou declinar o nome dele, mas está aqui em minhas mãos, todos podem ver, e vou ler a resposta de um soldado da Polícia Militar a S.. Exª, o Secretário de Segurança Pública: Polícia e frouxidão, o título. (Lê) “Resposta. Mediante as acusações e ofensas do senhor secretario de (in) segurança pública da Bahia, Sr. César Nunes, exigimos que a APPM como também o Dep. Capitão Tadeu manifeste uma moção de repúdio, pois nós policiai s baianos pelas condições de trabalho que temos somos heróis. Ao invés de proferir palavras que venha denegrir a imagem da corporação policial e dos seus membros, o mesmo deveria está equipando com equipamentos as unidades e qualificando estes honrados profissionais. FROUXO é quem fica em um ar condicionado ganhando fortuna sem fazer nada em prol da segurança do povo baiano que sofre com o alto índice de violência. FROUXO é quem não tem coragem em reivindicar melhores condições de trabalho para a tropa. FROUXO e covarde é quem se aproveita do cargo para botar a culpa na pessoa errada pela alta taxa de violência no estado. Segundo o mestre em direito Miguel Reale “a polícia é a força que mantém a hegemonia do estado e seus governantes no poder”! Respeito é bom e nós gostamos.” É triste ver o Secretário de Segurança Pública ouvir uma resposta dessa de um soldado da Polícia Militar, que deveria ter admiração, apreço e respeito ao Secretário. Vem publicamen te, sem esconder o seu nome, eu é que estou escondendo para preservar esse policial militar, dizer que frouxo e covarde é aquele que põe a culpa nos soldados. Está aqui o termo. Bem, eu quero, agora, manifestar, aqui, a minha opinião: O secretário de Segurança Pública, delegado da Polícia Federal, sempre que ia para uma diligência como delegado da Polícia Federal, ia depois de um ano de planejamento, com helicóptero, com policiais bem armados, bem pagos e bem treinados, com coletes à prova de bala e pegava a quadrilha de surpresa pelo planejamento. O secretário de Segurança Pública nunca entrou numa viatura da Polícia Militar sem colete à prova de bala, sem munição e com armamento velho, somente ele e o companheiro para enfrentar uma quadrilha. Delgado da Polícia Federal nunca ficou em uma cidade sozinho para proteger uma cidade inteira estando sozinho nessa cidade. O Dr. César Nunes nunca ficou em uma delegacia de Polícia Civil sozinho tomando conta d e 20 ou 30 presos, correndo o risco de uma quadrilha ir resgatar os seus comparsas presos. É triste ver o secretário de Segurança Pública insinuar que os policiais são covardes. Só durante este ano que passou já morreram mais de 30 policiais na Bahia. Isso é covardia, secretário? (Pausa) Estão se omitindo de quê? Os meus companheiros pediram para fazer esta moção de repúdio. E, aqui, estou fazendo em nome de meus colegas da Polícia Civil e Polícia Militar. O secretário de Segurança Pública diz publicamente, como disse ontem na Rádio Itaparica: “Eu sou cana”. Para quem não sabe, cana é um termo do século passado que se chamava o policial. Era o apelido de policial no século passado. Quando o secretário diz que “é cana”, eu digo para ele: A sociedade não quer um cana na Secretaria de Segurança Pública. A sociedade quer um gestor competente, que respeite o direito de seus subordinados, que tenha políticas públicas para gerir a segurança da sociedade. A sociedade não pre cisa que um secretário pegue um revólver e vá para a rua, porque já existem os policiais para fazer isso. Então, não precisa o secretário César Nunes ter este arroubo de infantilidade e dizer: “Se está com medo, chame-me, porque eu vou para a rua”. Secretário não é para ir às ruas. Secretário é para dar condições aos policiais que estão na rua. Parece que o secretário não sabe o que significa ser um secretário de Segurança Pública. Infelizmente, nós estamos nesta situação. Esperamos que o secretário peça desculpas a esses 36 mil policiais militares e civis que estão morrendo em defesa da sociedade. Espera-se que ele não venha aqui insinuar que policial civil ou policial militar é frouxo. O Sr. PRESIDENTE (Isaac Cunha):- Para concluir, Sr. Deputado. O Sr. CAPITÃO TADEU:- É frouxo, secretário, porque o policial lhe respeita como secretário, apesar de V. Exª não respeitar os policiais em sua condição de policial. É frouxo, secretário, porque os policiais, mesmo se ndo explorado por V. Exª nas escalas de serviço… O Sr. PRESIDENTE (Isaac Cunha):- Para concluir, deputado. O Sr. CAPITÃO TADEU:- (…) o senhor mantém a escala de serviço escrava e ele, assim mesmo, cumpre esta escala de serviço escrava mesmo tendo os seus direitos desrespeitados em defesa da sociedade, porque se os policiais não fossem frouxos, Sr. Secretário, eles iriam mostrar a V. Exª que frouxo, realmente, é V. Exª que se tranca em seu gabinete para falar mal de seus subordinados. Obrigado. (Palmas) Capitão Tadeu Fernandes Deputado Estadual – Líder do PSB Presidente da Sub Comissão de Segurança Pública e Defesa Civil ——————————————————————————– Seu e-mail está cadastrado no nosso sistema de mensagens, caso queira descadastrar da News Letter solicite a nossa equipe. Capitão Tadeu Fernandes capitaotadeu@capitaotadeu.com.br Av. Luiz Viana Filho, s/n, Edifício Wilson Lins – Gabinete N°207 – CAB CEP: 41746-900 Tel.:(71) 3115-7031 Fax – 3371-9527 Salvador – Bahia