Cobrapol é eleita para o CONASP.

A Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) foi eleita para integrar o Conselho Nacional de Segurança Pública (CONASP), mandato 2010-2012. A escolha das entidades, fóruns, redes e movimentos sociais que integrarão o Conselho foi feita hoje.

Braço do Ministério da Justiça, o CONASP atua como órgão normativo na formulação de estratégias e no controle de execução da Política Nacional de Segurança Pública. Além disso, o Conselho é responsável por estimular a modernização institucional para o desenvolvimento e a promoção intersetorial das políticas de segurança pública; desenvolver estudos e ações visando a aumentar a eficiência da execução da Política Nacional de Segurança Pública; estabelecer diretrizes para as ações da Política Nacional de Segurança Pública e acompanhar a destinação e aplicação dos recursos a elas vinculados.

Também é o CONASP que convoca e coordena as Conferências Nacionais de Segurança Pública e zelar pela efetividade das suas deliberações, articular e apoiar, sistematicamente, os Conselhos Estaduais, do Distrito Federal e Municipais de Segurança Pública, visando a formulação e realização de diretrizes básicas comuns e a potencialização do exercício das suas atribuições legais e regulamentares, entre outras atribuições.

Para o presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra, a representação da Cobrapol no CONASP é muito importante, pois o Conselho é um dos mecanismos que os policiais podem utilizar para a monitoração e a implementação das propostas em políticas de estado.

Pessoas de todo país, cadastradas antecipadamente, puderam participaram da votação via Internet. Foram escolhidos nove representantes dos trabalhadores de segurança pública (policiais, agentes penitenciários, peritos e outros), e doze da sociedade civil sendo seis para entidades e seis para fóruns, redes e movimentos sociais.

As nove vagas restantes serão preenchidas pelos gestores que serão designados pelo presidente do Conselho, o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto. Dos 113 pedidos de inscrições para concorrer às vagas, somente 52 atenderam completamente aos requisitos do edital.

Por Giselle do Valle
Fonte: Imprensa Cobrapol com informações do Ministério da Justiça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s