PMs e Bombeiros realizam passeata em PERNAMBUCO.

PMs e Bombeiros realizam passeata. Trânsito fica complicado até o Campo das Princesas.

Após a panfletagem ocorrida na última quarta-feira (27), onde os Policiais Militares e Bombeiros destacaram a campanha salarial de 2011, uma reunião foi remarcada pelo Governo do Estado, para a próxima quinta-feira (05). Porém os representantes dos policiais militares afirmaram que não sabiam da informação e compareceram à praça do Memorial da Medicina, ao lado do Quartel do Derby, onde se concentraram e partiram em passeata pela Conde da Boa Vista, em direção ao Palácio do Campo das Princesas.

As categorias disseram que se a assembleia não acontecer na próxima quinta, eles vão iniciar a paralisação. A principal exigência dos PMs é a equiparação salarial com a Polícia Civil, que tem salário inicial equivalente a R$ 2.440.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Administração informou na quarta-feira, que o encontro seria remarcado em função da necessidade do Governo Estadual apurar o resultado das receitas do quadrimestre, e poder oferecer melhores propostas.

A mobilização trouxe caos aos motoristas que precisaram passar pelo Centro e pela avenida Agamenon Magalhães, no final da tarde e início da noite de hoje (29). Em determinado momento, o trânsito chegou a ficar parado. Além disso, nas paradas de ônibus muitos passageiros reclamavam da demora na chegada dos coletivos.

Após concentração no Memorial de Medicina, no Derby, cerca de 3 mil pessoas seguem, acompanhadas de um carro de som e distribuindo panfletos, pela Avenida Conde da Boa Vista, Região Central do Recife.

Indo em direção ao Palácio do Campo das Princesas, onde esperam-se reunir com representantes do Governo, os manifestantes já interditaram a Avenida Agamenon Magalhães nos dois sentidos e a Conde da Boa Vista está instransitável no sentido Derby/Subúrbio.

Segundo o sargento Ricardo Lima, da Associação de Policiais Militares e Bombeiros, a categoria entende os tumultos causados por conta da manifestação. “Gostaríamos que a sociedade entedesse nosso pleito. Sei que causa transtorno, mas a gente vem com essas reinvidicações desde 2010 e elas não são cumpridas pelo Governo”, afirma, completando: “mas não queremos parar nossas atividades para não causar prejuízos à população.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s