Polícia Civil ameaça com GREVE GERAL em Mato Grosso.

Os investigadores e escrivães da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso irão paralisar as atividades na próxima sexta-feira (3), por um período de 24 horas.
O objetivo é alertar o Governo do Estado para a necessidade de negociar reajuste salarial das categorias. Os servidores alegam que o setor não passa por uma reestruturação desde 2008.
Atualmente, o Estado possui 2.100 investigadores e escrivães, lotados em 104 municípios.
O salário inicial de ambos é R$ 2.365,00 e, conforme o presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil e Agentes Prisionais de Mato Grosso (Siagespoc), Cledison Gonçalves da Silva, a proposta é que esse teto aumente para R$ 5.500,00.
“O salário que propomos é o equivalente ao valor que ganha um perito, no início da carreira. O que queremos, com o movimento, é que o governador Silval Barbosa abra o diálogo conosco e que cheguemos a um acordo, já que, até agora, não conseguimos nada”, afirmou o sindicalista.
Além da paralisação das atividades na próxima semana, um assembleia-geral está prevista para ocorrer no mesmo dia, com indicativo de greve.
Caso as propostas para o aumento não sejam apresentadas, no dia 8 de junho ocorrerá uma nova manifestação, na Assembleia Legislativa.
A previsão é de que participem mais de 400 policiais civis e que uma solução definitiva aconteça.
“Se o diálogo não tem sido viável por parte do Estado e nem com a paralisação ou ainda indicativo de greve, vamos fazer uma intervenção de peso na Assembleia. De lá, não sairemos sem uma solução”, disse Cledison Silva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s