PM MT aceita proposta do Governo do Estado.

Acordo com o Governo traz alívio para a tropa, que afasta o recurso da greve geral

A Polícia Militar entrou em acordo com o Governo do Estado, em reunião realizada no final da tarde de quarta-feira (24), na Assembleia Legislativa, e decidiu descartar o projeto de greve.

Soldados e cabos da PM e do Corpo de Bombeiros ameaçaram cruzar os braços por 72 horas, caso não houvesse uma negociação salarial com o Executivo estadual.

Segundo o vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, cabo Jeovaldo Rosa Magalhães, pelo acordo, em dezembro, haverá um reajuste de 4% e, no próximo ano, já haverá vinculação dos praças junto aos coronéis, principal reivindicação da categoria.

Antes, a proposta do Estado era de que a vinculação ocorresse apenas em 2014. Hoje, o salário de coronel é vinculado ao do governador.

“As mudanças serão positivas. Já estamos fazendo cálculos com base neste reajuste: os salários de soldado devem chegar a R$ 2.988 na classe A, R$ 2.486 na classe B e R$ 3.237 na classe C”, informou.

Atualmente, um soldado tem um salário de R$ 1,9 mil, chegando a R$ 2,3 mil após 15 anos de trabalho, quando pode ser promovido a cabo. Mudando de patente, a remuneração chega a R$ 2,8 mil.

Apesar da negociação, o vice-presidente da associação reforçou que, no próximo sábado (27), a categoria estará reunida, em assembleia, para que ele e o presidente, cabo PM Gervaldo de Pinho, apresentem a todos os praças o acordo fechado.

“As mudanças representam um ganho real para os cabos, o que significa que, em cima tanto do aumento deste ano, como da vinculação, não haverá deflação e nem inflação”, disse o sindicalista.

Segundo a Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar, o ganho real dos praças, nos últimos quatro anos, foi de 3,4% nos salários. Já o salário dos oficiais, categoria que representa 10% de todo efetivo, teria obtido um aumento de 73%.

No total, o Estado de Mato Grosso possui 4,6 mil cabos, na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros.

Anúncios

13 comentários em “PM MT aceita proposta do Governo do Estado.

  1. parabens !!! para a associaçao. com certeza devemos luta sempre, vamos pedir a Deus que os governantes cumpram suas promesas e acordos, para que nos policiais faça o melhor pela segurança da nossa sociedade

  2. a sorte desta sociedade é de que fizemos um juramento, que a serviremos e que a protegeremos mesmo com o sacrifício da própria vida. ainda temos homens honrados nesta POLÍCIA MILITAR….
    parabéns associação pelo trabalho.

  3. Parabens a associação por essa vitoria, não só pelo aumento significativo, mas principalmente por vincular nosso salario com o dos oficiais. Sendo assim qdo aumentar o salario deles, o nosso aumenta tbm. Valeu

  4. ISSO É UMA VERGONHA!!! ESTAS ASSOCIAÇÕES DE PRAÇAS NÃO SERVEM PRANADA MSM!! QUALQUER MELZINHO DO GOVERNO TAPA OS OLHOS E A BOCA DELES!! NÃO CONHEÇO NINGUÉM QUE FOI CONSULTADO PRA VER SE ACEITA ESTA PROPOSTA RIDICULA E INDECENTE
    PARALIZAÇÃO JÁ

  5. A associaçao preciptou teria que elevar + o percentual do sub ten, o que nao aconteceu entao trocou 6 por meia duzia. tem que aprender negociar + com o gov.

  6. Eu acho que a comissão não teve um avanço muito grande nas negociaçoes com o gov, o salario não é muito ruin, mas entre as polícias nós estamos com o poir salário estamos perdendo muito com isso, trabalhamos muito e ganhamos pouco.

    1. Concordo plenamente companheiro. analisando as tabelas salariais, estamos bem abaixo do nivel salarial comparando ESTADOS com arrecadacões até mesmo menores que a de MATO GROSSO. Podemos citar Rondonia por exemplo. Ou o Estado de Rondonia está comentendo um ERRO de orçamento enorme, ou o nosso Governo que é ”Pão Duro” afinal o salario inicial dos nossos soldados nao chega nem a metade dos deles !!! Incrivel e Indignante !!!!

  7. não achei a melhora mto siguinificativa, ja que a infalação real aumenta bem mais. realmente acho que este aumento não é motivo para tanta comemoração pois sou soldado e sei o que trabalhamos para ganhar tão pouco e que só vai haver uma mudança real qdo fizermos como no estado da Bahia e Rio de Janeiro. um grande abraço e vamos continuar na luta !!!

  8. Na verdade esta proposta do governo que foi aceita por um minoria dos praças só piorou para a classe de soldado que foi lá embaixo. Só melhorou de Cabo prá sima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s