CONCURSO: Polícia Rodoviária Federal vai oferecer 4.500 vagas.

Quem pretende entrar para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deve intensificar os estudos para aproveitar as chances que estão por vir. A previsão é que, nos próximos três anos, sejam oferecidos pelo menos 4.500 novos postos de trabalho na área. A proposta de criação de cargos foi apresentada à Casa Civil pela diretora-geral da PRF, Maria Alice Nascimento Souza.

Outra boa notícia para interessados na carreira é que o concurso para 750 vagas paralisado desde 2009, por suspeita de fraude, terá continuidade após acordo selado com a organizadora da seleção, a Funrio. A medida torna o momento ainda mais propício para novas seleções.

Segundo Leandro Macedo, especialista em concursos, a polêmica em torno das últimas provas da PRF não interfere na segurança de uma nova seleção. “A PRF vive um momento peculiar com a nova administração. Tanto é, que em pouco tempo já deu um bom desfecho ao concurso, e mexeu em todos os pontos estratégicos da instituição”, afirma Macedo.

Diretor pedagógico do Curso Maxx, Alexandre Lopes também acredita que as próximas seleções terão maior segurança jurídica, uma vez que os processos do certame tendem a melhorar após as suspeitas de fraude, assim como os meios de controle, cada vez mais eficazes.

A possibilidade de novas fraudes não desanimam o segurança Dilson Ubiratã Pacheco de Lemos, 33 anos. Além de fazer curso preparatório há 2 anos para a prova da PRF, Dilson complementa os estudos na biblioteca e em casa, sempre que tem tempo sobrando. “Meu objetivo é passar e ficar bem colocado. É preciso ter concentração e perseverança”, afirma.

Para memorizar todo o conteúdo dado em sala de aula, o segurança usa siglas e músicas, entre outras técnicas.

“A dica mais importante de todas é estudar até passar”

O especialista em concursos Sérgio Camargo orienta quem começou a estudar agora a ler o edital antigo e o novo (caso já tenha saído), além de refazer as últimas provas. O candidato também deve identificar as matérias que tem pouco conhecimento, para que possa dedicar mais tempo justamente a essas disciplinas.

Direito Administrativo está entre as matérias que merecem mais atenção na hora do estudo. “O candidato precisa entender a estrutura da administração e seus deveres e direitos como servidor”, destaca Camargo. Direitos Humanos, Direito Constitucional, Direito Penal e Código Brasileiro de Trânsito são outras disciplinas muito cobradas.

Segundo o diretor pedagógico do Curso Maxx, Alexandre Lopes , enquanto a organizadora do concurso não for definida, o ideal é estudar seguindo conteúdo programático, baseado em bancas mais tradicionais, como Cespe, NCE (Núcleo de Computação Eletrônica) e FCC (Fundação Carlos Chagas). “É mais seguro, uma vez que cada banca organizadora tem perfil e peculiaridades próprios”, afirma.

A chance de obter sucesso é maior quando o candidato estuda de forma organizada, buscando a orientação adequada, com materiais didáticos confiáveis, segundo Lopes. “A dica mais importante que eu posso dar é estudar até passar. A perseverança é a maior virtude”, incentiva.

Fonte: O DIA ONLINE
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s