Policial deixou carta antes de morrer em serviço.

O soldado da Polícia Militar de Poconé (104 Km ao Sul de Cuiabá), Alex Suzarte, assassinado na madrugada deste sábado (21),, deixou uma carta a sua esposa, lida em seu velório, mostrando a tensão que vivia na rotina policial.

Ele foi ferido com um tiro na face, depois de ter entrado em luta corporal, na tentativa de deter, em flagrante, um dos suspeitos de uma tentativa de assalto a uma lanchonete no município. A PM foi comunicada que 2 homens tentaram roubar o estabelecimento durante a procissão realizada durante a madrugada em comemoração ao aniversário de Poconé.

Os policiais saíram em busca dos suspeitos e ao alcançá-los, em um matagal, seguiram para lados opostos. Suzarte tentou deter Edson Antonio da Silva, 32, enquanto seu colega, o soldado Leonardo, saiu em busca do menor L.F., 17. Ao perceber que o amigo foi ferido, o soldado foi prestar socorro e os bandidos acabaram fugindo.

Suzarte foi encaminhado ao atendimento médico, mas devido à gravidade do ferimento, faleceu momentos depois. O menor foi detido por volta das 10h e cerca de 70 policiais e 10 viaturas de 7 municípios do Comando Regional II da Polícia Militar trabalham nas operações de busca de Edson.

O soldado, filho de um agente prisional, deixou esposa, 3 filhos e uma carta que deveria ser lida caso morresse. A mensagem foi dedicada a todos os policiais e mostra o orgulho pela profissão e a tensão que ele vivia na rotina de trabalho.

Confira trecho da carta:

“… Enquanto todos dormem, estou travestido de herói e mesmo não tendo poderes, estou pronto para enfrentar o perigo, desafiar a morte e ainda sobreviver.

Enquanto todos dormem, estou parado entre o medo da morte e a árdua missão de fazer segurança pública.

Enquanto todos dormem, eu sonho acordado com um mundo melhor, com devido respeito, com um justo salário, com dias de paz, mais especificamente com o momento de voltar para casa e de olhar minha esposa e meus filhos e dizer-lhes que foi bom sobreviver à noite anterior, que foi cansativo e até frustrante, mas que estou de volta e que tenho por eles o maior amor do mundo…”

Fonte: http://www.gazetadigital.com.br/conteudo/show/secao/3/materia/310365

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s