Cobrapol apresenta propostas ao MJ.

Em reunião ontem no Ministério da Justiça, a direção da Cobrapol apresentou ao governo as demandas dos policiais civis de todo o país. A criação do Piso Salarial Nacional e de uma Carreira Única de Polícia foram alguns dos assuntos abordados na reunião.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, adiantou que a aprovação este ano do piso – que hoje tramita na Câmara dos Deputados na forma da Emenda Aglutinativa nº 2 (PECs 446/300) – será muito difícil, visto que as Forças Armadas estão pleiteando a mesma reivindicação, o que por hora inviabiliza o seu atendimento.

Já no que se refere à aprovação da Lei Orgânica, Cardozo se mostrou bastante otimista. A expectativa é que a matéria seja discutida até julho.

A direção da Cobrapol avaliou como positiva a reunião com o ministro, mas fará uma reunião interna para definir os rumos do movimento a partir de agora.

O presidente da Confederação, Jânio Bosco Gandra, lembra que ainda serão realizadas assembleias nos Estados no dia 16 de março para ratificar o indicativo de greve para o dia 16 de abril.

Por Giselle do Valle

Fonte: Imprensa Cobrapol

 

3 comentários em “Cobrapol apresenta propostas ao MJ.

  1. Quanto a aprovação do piso,isto deve acontecer antes da aprovação da lei orgânica em referencia, se os Deputados votam seus salários e décimo quarto salário, independente de vontade ou necessidade ou participação popular e pronto. É um argumento que deve ser sempre lembrado. Já esperamos além de imaginação. Desejo só que os colegas da Combrapol sejam sensíveis mas cautelosos. Chega de promessas que vão passando de ano para ano. O que as Forças Armadas querem, é só o seu reconhecimento, dentro de um sistema onde o povo é esquecido e vive a mercê de uma violência que só aumenta. Entendo, que não devemos deixar chegar o ano de uma Copa do Mundo,onde milhões serão gastos e o povo vai seguir na condição de vítima. Entre tudo isto,não esqueçamos nossos companheiros que foram injustiçados.
    No Rio de Janeiro,onde tenho amigos e parentes, espero que o modo de policiamento atual se aperfeiçoe e prossiga depois de 2016. O Brasil, deve ser do povo que elege.Não esqueçamos disto!

  2. É nescessário aprovar uma Lei organica nacional para padronizar todas policias civis do pais, estruturando seus cargos e atribuições, bem como criar direitos no âmbito dos entes federativos, para operacionalizar e dinamizar a atividade policial, valorizando o profissional.

  3. este nao é um país sério. no discurso de cada politico eleito sempre fala-se em segurança, saúde e educação como prioridades basicas para melhorar ou amenizar a vida da população mais carente deste “BRASIL”, mais quando chega a hora da verdade, de votar pelo povo, o povo que se dane e morra quieto no seu cantinho. e a corrupção entre a classe politica e geral, não devemos esperar mais uma eleição para colocar para fora quem sempre viveu as custas do sofrimento do povo, como serney, collor, entre outros. CHEGA DE SER A ESCORIA DA SOCIEDADE, POR UM BRASIL PARA TODOS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s