DE QUEM É A CULPA, POLÍCAL OU SOCIAL?

Por volta de quatro horas da manhã da terça-feira, 29 de maio, na cidade de samambaia, distrito federal, um homem viciado em drogas, traficante, autor de roubo a mão armada e tentador de homicídio, em prisão domiciliar, faz de refém sua própria filha, com uma arma de fogo e uma faca. Perguntam-se “CADÊ A POLÍCIA?”

Foi acionado um grande aparato policial, BOPE com time tático, negociadores, atiradores de precisão, BP Choque, BP Cães, policiamento da área e (GTOP). Depois de 14h de operação gerente e alto profissionalismo da Polícia Militar do Distrito Federal, o indivíduo foi rendido e preso pela 5ª vez (sem contar quando na menor idade) e a criança foi SALVA. Agora, a pergunta que não quer calar! “CADÊ A JUSTIÇA?”
Por quê quando crimes como este, e muitos outros, acontecem em todo país, a Imprensa, as autoridades e a sociedade não se atentam do porquê destes indivíduos, de alta periculosidade, estarem em liberdade? (Liberdade condicional, prisão domiciliar e indultos) Não deveriam estar cumprindo prisão por crimes anteriores, em que foram presos pela polícia que é bode expiatório em questão? De quem é a culpa da criminalidade crescente? De quem prende ou de quem solta? E a pergunta é “CADÊ A LEI?”
Nosso código penal é de 1940, nossa CFB(Constituição Federal Brasileira) já tem vinte e quatro anos e está cheia de emendas, o estatuto da criança e adolescente não assisti a criança em situação de risco, mas maqueia seus crimes com as palavras “ato infracional”, resumindo, uma legislação ultrapassada. Mas pode piorar! Há projetos que descriminalizam o uso e porte de drogas e projetos que criminalizam os pais que corrijam seus filhos com um tapinha! “CADÊ NOSSOS POLÍTICOS?”
Tenhamos consciência, nossos políticos saem da sociedade e são aprovados pela mesma sociedade em uma eleição, diga-se de passagem, já são vinte e quatro anos de democracia e seis eleições, já era para ter aprendido! Elegemos palhaço e jogadores! Eles legislam em causa própria esquecendo-se do povo e se corrompem. “O Congresso Nacional é o espelho da nossa sociedade!” “CADÊ A EDUCAÇÃO?”
Estamos na era da alta tecnologia e da informação, estudantes da USP (Universidade Federal de São Paulo) dizem sim para as drogas e não para a Polícia Militar, marcha da maconha, brigas nas escolas, invasão e depredação de reitorias e ministérios, bloqueios de pistas e avenidas por alunos, greves, professores agredidos e ameaçados, aumento de uso de drogas lícitas e ilícitas por estudantes, pouco investimento e valorização da educação. “CADÊ A FAMÍLIA?”
Sem valor algum para a mídia, a família vem sofrendo ataques e influências que não contribuem em nada para uma boa formação do ser humano. Perda dos valores, respeito, caráter e disciplina, faltam do convívio familiar e autoridade paterna, drogas (álcool), são alguns dos problemas enfrentados pelas famílias. Ninguém se compadece da necessidade e dor de seu próximo, há pessoas que valorizam mais seu cachorro de estimação do que o ser humano, famílias desestruturadas.
POLÍCIA MILITAR (multifacetada) vem se desdobrando para controlar a violência e criminalidade, mas está na hora de compartilhar este enorme bolo com as outras instituições e organizações e sociedade civil, pois a Constituição Federal é bem clara, segurança pública é dever do Estado e RESPONSABILIDADE DE TODOS! Todos falham e polícia tem a obrigação de consertar? Segurança Pública é um processo sistêmico! Já pensaram na complexidade da ação policial nesta situação de um criminoso (que deveria estar preso) com refém? Armado? Drogado? Com uma criança indefesa? As vidas, carreira e moral dos policiais em risco, a vida da criança, e até a do criminoso? Neste caso, o profissionalismo e heroísmo se confundem! Que profissão é essa que arrisca a própria vida para salvar as dos outros, e poupar a do perpetrador? Enquanto que tem gente mais preocupada com cobertura e a continência, a justiça como sempre, mais cega do que nunca, os políticos com medo de cair na cachoeira, a família desestruturada e a sociedade alheia! “E AÍ SOBRA PARA QUEM?”
POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL, PARABÉNS MAIS UMA VEZ. MAIS UMA VEZ NÃO! PARABÉNS MAIS 365 VEZES!!!”
Robson Dias, PM Brasil.
Valendo-se da Constituição brasileira de 1988 – (Art. 5º IV, IX, Art. 220º e § 2º.)


e-mail recebido em uniaodeblog@gmail.com

Acesse o Artigo Original: http://www.uniblogbr.com/2012/07/de-quem-e-culpa-polical-ou-social.html#ixzz1zUIzxR6C

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s