DETRAN APÓIA A PM-MT NA PREVENÇÃO: Polícia Militar recebe nove mil ‘bafômetros’ descartáveis

ImageProxy (1)

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso recebeu na tarde desta quinta-feira (31-01), na sede do Departamento Estadual de Trânsito – Dentran – nove mil etilotestes químicos, conhecidos popularmente como bafômetros descartáveis. O comandante geral da Polícia Militar, coronel Nerci Adriano Denardi, esteve presente na entrega.

A entrega dos bafômetros visa a cumprir a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), regulamentado recentemente, que torna mais rígida a lei seca. O instrumento será usado de maneira educativa no carnaval orientando os motoristas, caso estejam dirigindo sobre o efeito de álcool.

O Secretário chefe da Casa Civil, Pedro Nadaf, falou sobre a aquisição dos bafômetros por parte do Governo e a importância deles. “Estamos realizando essa entrega para Polícia Militar, para que possam realizar um trabalho preventivo e efetivo no carnaval, a fim de coibir as infrações e acidentes de trânsito. Este aparelho será utilizado de maneira educativa para dar ciência ao motorista sobre a quantidade de álcool consumido”, disse o secretário.

O comandante geral da PM ressaltou sobre o trabalho que será realizado pela polícia na semana de carnaval. “Os etilotestes vão reforçar o uso dos bafômetros nas fiscalizações durante o carnaval. Os policiais estarão preparados para orientar o motorista e fazer as devidas fiscalizações. O carnaval é um momento de festa e alegria, mas infelizmente ainda alguns exageram na dose, e acabam pegando a estrada sobre efeito de álcool ocasionado acidentes”, disse o coronel Denardi.

O Estado de Mato Grosso atualmente conta com 80 etilômetros conhecidos como bafômetros, e os nove mil etilotestes recebidos hoje, serão distribuídos proporcionalmente aos atuais 10 comandos regionais da Polícia Militar no Estado visando auxiliar os militares durante todo carnaval.

A nova resolução diz que o motorista será autuado por infração administrativa quando o bafômetro registrar pelo menos 0,05 miligrama de álcool por litro de ar expirado (0,05 mg/L). Conforme a resolução, o novo procedimento a ser adotado pelos agentes de trânsito na Lei Seca também estabelece que a fiscalização do consumo de álcool ou de outra substância psicoativa deverá ser procedimento operacional rotineiro.

A resolução prevê multa de R$ 1.915,30 para motorista flagrado sob efeito de álcool e de outras drogas. Caso o motorista reincida na infração dentro do prazo de um ano, a proposta é duplicar o valor, chegando a R$ 3.830,60, além de determinar a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Para utilizar o “bafômetro descartável”, o motorista sopra e enche o balão de ar. Depois, instala a válvula com o reagente químico. Quando o balão é esvaziado, a cor pode se alterar. Se mudar de amarela para verde, é proibido dirigir.

Assessoria / PM-MT

logo_20121230231214

Conheça o café ferreira, e surpreenda-se!

Ganhe 72.8% das vendas através de suas indicações

Ganhe 50% do consumo de sua rede.

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s