Dois PMs e um policial civil são presos com produtos roubados

7e7ef6f6ac32d4c3667430de3dc51577

Policiais militares prenderam cinco pessoas acusadas de transportar uma carga de televisores, frigobares e outros produtos roubados de um hotel,em Várzea Grande.

Na lista dos acusados, há um policial civil lotado em uma delegacia da região do Coxipó, em Cuiabá, e dois policiais militares que estavam num caminhão baú transportando os produtos, que foram localizados escondidos numa residência localizada no bairro Parque do Lago, em Várzea Grande.

A apreensão ocorreu no fim da noite de quinta-feira (23), por volta de 23 horas, na Rodovia Aleixo Ramos da Conceição, conhecida como Estrada da Guarita.

De acordo com informações da Polícia Militar, que registrou a ocorrência, com o caminhão, seguia uma viatura da Delegacia do Coxipó.

No caminhão, seguiam o motorista, o ajudante e dois PMs – um soldado e um cabo. Os nomes não foram divulgados

Na viatura, os PMs apreenderam uma caixa com 125 munições calibre 9mm e 72 calibre 32, além de algumas trouxinhas de entorpecentes.

Havia também um RG em nome de um rapaz e uma folha de cheque rasgada, no valor de R$ 1.650,00.

Aos PMs, o policial civil explicou que passava pelo Parque do Lago, onde deparou com um suspeito e este teria fugido para os fundo da casa.

Na verificação do recinto, teria encontrado 55 aparelhos de TVs de tela grande, 24 frigobares, além de outros eletrodomésticos, possivelmente roubados de um hotel, na madrugada anterior.

O policial, então, conseguiu a ajuda de dois PMs e de um caminhão baú para levar todos os produtos para a Central de Flagrantes, na região do Aeroporto Marechal Rondon.

O que chamou a atenção é que o caminhão seguia em direção oposta.

O policial civil admitiu que agiu de forma incorreta, ao não informar seus superiores da apreensão dos produtos, mesmo sem saber se havia ou não vítima.

Na delegacia, os policiais entraram em contato com funcionários do hotel, para confirmar o roubo na noite anterior, mas eles disseram que somente a gerência poderia confirmar a informação.

No assalto, conforme os PMs, os bandidos usaram um caminhão para fazer a “limpeza” no hotel, levando as mercadorias ainda nas caixas, uma vez que o hotel ainda não foi inaugurado.

Os 5 foram presos depois de denúncia via Ciosp, que informou que suspeitos em um caminhão saindo do bairro Parque do Lago, estariam transportando armas e munições.

A apreensão ocorreu por volta das 23h da noite de quinta-feira (23), na Estrada da Guarita. Os policiais da Rotam abordaram o caminhão baú e um veículo Fiat Palio Weekend, que os acompanhava.

Do carro saiu um homem que se identificou como sendo o policial civil, D.J.S e que estaria levando produtos apreendidos para registro na delegacia. Dois policiais militares, um soldado e um cabo, também estavam no carro, além de um quarto homem. O caminhão era dirigido por um quinto suspeito, J.F.S.

O policial civil foi indagado sobre as notas fiscais dos produtos e sobre algum suspeito preso na ação, porém, alegou que o suposto acusado teria fugido, e que por se tratar de material apreendido não possuía nota fiscal.

Na revista ao caminhão, os policiais encontraram ainda um cheque rasgado no valor de R$ 1,650,00, do Banco do Brasil, em nome do policial civil, uma pasta com documentos, e um RG em nome de um homem ainda foragido.

Os 5 foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Várzea Grande.

7e815615545df65e0a465ac4a41ba58c

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s