Ato unificado em defesa dos trabalhadores da segurança pública.

{E1AF1BD4-EBB8-4DC4-954B-1DD559ED0727}_homenagem a policia aprovada

No dia 25 de fevereiro (quarta-feira), a COBRAPOL em conjunto com sindicatos e associações de policiais de todo o Brasil realizarão um ato unificado em defesa dos trabalhadores da área de segurança pública no Brasil. A atividade foi aprovada em reunião realizada na sede da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF). As entidades ainda estudam quais mobilizações serão feitas no espaço da Câmara. Nomes importantes que debatem sobre a segurança pública no Brasil, em especial sobre o ciclo completo de polícia, devem ser convidados para participar dos debates e seminários. Além disso, o objetivo dos sindicatos e associações é marcar uma reunião com os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB/AL), para definir uma pauta comum de projetos importantes para os servidores policiais. O ato público conta com o apoio do deputado Subtenente Gonzaga (PDT/MG), que promete dar início a uma pauta com projetos positivos voltados para os policiais de todas as categorias e Estados. O primeiro evento pretende cobrar dos parlamentares e do Governo Federal soluções para as mortes de servidores da segurança pública. O objetivo é chamar atenção para os números alarmantes de assassinatos contra policiais. A ação também servirá como homenagem aos colegas que pagaram com a vida para defender a sociedade e os cidadãos de bem de todo do Brasil. “No Brasil, o numero de policiais assassinados sem nenhuma atitude do Estado é insustentável. Nós vivemos uma realidade em que o Estado despreza a vida dos policiais. Então, nós temos que reagir e cobrar do Governo e do Congresso que os crimes praticados contra policiais sejam pelo menos considerados hediondos e que tenham penas mais rígidas” defende o deputado Subtenente Gonzaga. A cobrança para aprovação do projeto visando qualificar o assassinato dos policiais como crime hediondo deve ser uma das prioridades das entidades sindicais. Outras medidas, porém, também serão pensadas e apresentadas como pauta comum aos trabalhadores da área de segurança pública. PARTICIPARAM DA REUNIÃO Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol-GO) Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (Feneme) Associação de Oficiais Militares de Santa Catarina (Acors-SC) Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF) Associação Nacional de Praças (Anaspra) Associação dos Militares Estaduais do Brasil (AmeBrasil) Fonte: Agência FenaPRF

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s