Torneio de tiro marca comemorações do 14º aniversário do GEFRON.

IMG-20160315-WA0046

Realizado no Batalhão de Fronteira do Exército, o 2º Torneio de Tiro do Gefron reuniu instituições de Segurança Pública que atuam na região de fronteira do Brasil com a Bolívia.

Representantes do Ministério Público Estadual e policiais civis, militares, rodoviários federais e do Exército participaram do evento, que contou também com a participação especial de uma comitiva formada por policiais bolivianos. O grupo, que veio a convite do Gefron, demonstrou habilidade.
Também presente à festa, o secretário de Segurança Pública, Fábio Galindo Silvestre, elogiou o desempenho dos militares da Bolívia na pista de competição. “Eles deram um show”, disse.

Confraternização

Ao todo, 32 pessoas participaram do torneio. O clima era de confraternização entre os convidados que aguardavam ansiosos pelo início da prova. Por meio de um sorteio, os participantes foram divididos nas categorias individual, equipe e equipe Gefron. O torneio foi acompanhado por representantes da Federação Mato-grossense de Tiro Desportivo.

A pista de prova foi montada com obstáculos para simular algumas dificuldades enfrentadas pelo policial que trabalha na região de fronteira. O objetivo era fazer o percurso e acertar os alvos no menor tempo possível. E antes de iniciar as disputas, todos percorreram a pista de prova para conhecer os obstáculos ouvindo atentamente as orientações do juiz.

Entre os obstáculos, os participantes tiveram que passar por um túnel, labirinto com pesos, zigue-e-zague com obstáculos e, no final, passar por cima e por baixo de uma fita elástica.
As armas utilizadas foram a pistola .40, a submetralhadora SMT 40, a metralhadora calibre 12 e a carabina 556.
Dentre os participantes, uma das mais aplaudidas foi a 2º tenente PM Ladislaine Simonini Silva, que representou o Gefron na disputa. Era a única mulher no torneio.
“Foi um desafio por se tratar de um evento predominantemente masculino”, disse ela, que completou a pista em 78 segundos. “Fiquei lisonjeada em participar do evento e representar o Gefron”.

Na categoria individual, o vencedor foi o cabo PM Jeber Junio Paisano Silva. A equipe do 12º Comando Regional da Polícia Militar venceu na categoria equipe. E na disputa entre equipes do Gefron, os vencedores foram o cabo PM Junio Cesar de Oliveira Luz e Jeber Junio Paisano Silva.

Para o comandante do Grupo Especial de Segurança de Fronteira, tenente coronel PM Jonildo José de Assis, completar 14 anos de existência é uma grande conquista. “O nosso policiamento especializado tornou-se modelo para outras polícias de fronteira do Brasil. Sentimos muito orgulho desses policiais que são conhecidos pela sua honestidade, hombridade e empenho no serviço na fronteira”.

Fábio Galindo ressaltou que o Gefron realiza um trabalho em prol do país e da segurança de Mato Grosso sendo motivo de orgulho para os mato-grossenses. “O trabalho do Gefron reflete diretamente em todo o país porque combate crimes como o tráfico de drogas”.

Gefron

O Gefron foi criado em Mato Grosso em 13 de março de 2002 com o objetivo de apoiar os órgãos estaduais, federais e municipais responsáveis pela segurança na fronteira entre o Brasil e a Bolívia.
Diariamente policiais do grupamento realizam operações de prevenção e repressão aos crimes fronteiriços. A atuação contínua é executada também por meio de patrulhamento volante nas rodovias estaduais e federais e estradas não oficiais, além das fiscalizações em postos fixos localizados no Matão (Pontes e Lacerda), Vila Cardoso (Porto Esperidião) e Avião Caído (Porto Esperidião).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s