Gefron comemora 13 anos com atuação marcante na fronteira.

Hérica Teixeira/Luzia Laura | Sesp-MT
vps
O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) aprendeu em 2015 quase duas toneladas de drogas nos 983 quilômetros da fronteira entre Mato Grosso e Bolívia. Os resultados reafirmam a importância do trabalho do grupamento, que no dia 13 de março completou 14 anos de atuação na fronteira.
Entre janeiro e dezembro do ano passado foram apreendidos 1.770 quilos – o maior montante desde 2011, quando as apreensões somaram 165,3 quilos.
O comandante do Gefron, tenente-coronel PM Jonildo José de Assis, avalia as ações na fronteira de forma positiva e destaca o trabalho integrado entre as forças de segurança.
“Os números conquistados foram por meio das operações realizadas e também pela nova política de segurança pública do governador Pedro taques. Os policiais que trabalham na fronteira são uma equipe motivada, aguerrida, empenhada e dedicada na missão”, destacou.
Tráfico
O tráfico de drogas ocorre na fronteira por meio fluvial, terrestre e aéreo. Automóveis, ônibus de linha regular, veículos de cargas, motocicletas, bicicletas e até mesmo pessoas, as chamadas “mulas”, são usadas para transportar as drogas.
Os tipos de drogas apreendidas entre o Brasil e a Bolívia são pasta base, cocaína e maconha.
Outro combate expressivo do Gefron é o de evasão de divisas. O crime está, frequentemente, ligado a pagamento de carregamentos de drogas, armas ou produtos de contrabando e descaminho.
Somente no ano de 2015 foram apreendidos R$ 1.210.646,00. Este valor representou um aumento 80% em relação a 2014, quando o quantitativo apreendido foi de R$ 243,2 mil.
Veículos
Automóveis, caminhonetes, caminhões, tratores e máquinas agrícolas, produtos de crimes cometidos no Brasil, também estão entre as apreensões feitas na fronteira.
Em 2015, o número de recuperação e apreensão de veículos também foi o mais expressivo, se comparado com os últimos quatro anos. Ao todo, foram 269 veículos recuperados e apreendidos. Em 2014 foram 191. O aumento de 40,83% em relação a 2014.
Armas e prisões
Ao longo do ano, o Gefron registrou ainda apreensões de armas, munições e de produtos de contrabando e descaminho.
O número de prisões por mandado também aumentou. Em 2015, houve um aumento percentual de 160%, em relação a 2014. Em 2015, foram registradas 24 ocorrências a mais.
O Gefron atua na fronteira com boletins de ocorrências registrados, apreensão de entorpecentes, descaminho ou contrabando, veículos recuperados e apreendidos, evasão de divisas, armas e munições apreendidas, prisão por mandando, dentre outras ocorrências.
2016
De janeiro a 14 de março de 2016, o grupamento já apreendeu quase uma tonelada de drogas, entre pasta base e maconha. Foram 903 quilos de entorpecentes apreendidos.
Uma das maiores apreensões deste ano foi em ação conjunta com a Polícia Federal. No dia 15 de março, foram apreendidos cerca de 450 quilos de cocaína em uma fazenda localizada no bairro Capão Grande, na cidade de Várzea Grande.
Além da droga, os policiais apreenderam ainda quatro veículos, três fuzis e materiais que eram usados na fabricação e comercialização do entorpecente. Os policiais também localizaram 48 veículos e apreenderam 317 munições e 12 armas.
O Gefron apreendeu ainda U$ 339 mil dólares, que estavam sendo transportados na fronteira.
Sobre o Gefron
O Grupo Especial de Segurança da Fronteira foi criado no Estado de Mato Grosso no dia de 13 de março de 2002, por meio do Decreto Estadual nº 3994.
O objetivo do grupamento especializado é apoiar os órgãos federais responsáveis pela segurança na fronteira do Brasil com a Bolívia dentro do Estado de Mato Grosso, desencadeando na região operações sistemáticas de prevenção e repressão ao tráfico de drogas, contrabando e descaminho de bens e valores, roubo e furto de veículos e invasões de propriedades.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s